Gamer Lifestyle

O blog do Fabão

  • Translator

    Portuguese flagItalian flagEnglish flagGerman flagFrench flagSpanish flagJapanese flag
  • Sobre o Gamer Lifestyle

    Este é um blog sobre o estilo de vida gamer, o estilo de quem compreende os jogos eletrônicos como forma de arte, cultura, negócio e entretenimento; o estilo de quem joga, mas sobretudo de quem pensa os jogos; o estilo de quem se assume gamer, e vê nisso não um escapismo, mas um complemento a todos os outros aspectos e aspirações de sua existência serenamente revolta. Espere tópicos filosóficos, amenidades, discussões, polêmicas, opinião, tudo isso junto e nada disso também. Enfim, viva o estilo de vida gamer e venha aqui debatê-lo.
  • Assine os feeds

  • Atualizações por e-mail

    Para receber atualizações direto no seu e-mail, clique aqui.
  • Anúncios

  • Novidades Play-Asia em Jogos

  • Novidades Play-Asia em Figures

  • Novidades Play-Asia em Livros

  • Pesquisa de produtos Play-Asia

Torneio nacional japonês de Street Fighter IV

Postado por Fabão em 24 de janeiro de 2009 às 2:40 am Imprima esta postagem Imprima esta postagem

Avalie esta postagem:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading ... Loading ...
Jogadores de todo o Japão se reúnem para a final do torneio nacional

Jogadores de todo o Japão se reúnem para a final do torneio nacional

Japoneses cultuam certos jogos e se dedicam a eles com uma abnegação que dificilmente se vê no ocidente. Quase obsessivamente, aperfeiçoam suas habilidades à exaustão, apenas para conquistar notoriedade entre os membros de seu nicho. Basta procurar por vídeos de “perfect play” de shmups ou disputas de alto nível de jogos de luta para perceber o resultado de tanta entrega – e claro que não se conquista nervos de aço, reflexos de ninja e julgamento preciso sem abdicar de muitas coisas na vida.

Com Street Fighter IV, lançado nos arcades de lá em junho de 2008, não é diferente. Ainda mais com o fato de o jogo adotar um sistema de ranqueamento nacional computado e exibido em cada máquina. Quando se começa a jogar, você compra um cartão para gravar seus dados e o utiliza em todas as partidas. Conforme vence, conquista Battle Points. Se perde, é penalizado em seus BPs. O sistema coleta os dados de todos os jogadores em tempo real e exibe na tela de ranking do jogo. Assim, todos no país inteiro sabem como está a classificação geral – saiba mais sobre os BPs e como eles determinam o nível de habilidade dos jogadores aqui. É um sistema consagrado que começou, nos jogos de luta, com Virtua Fighter 4 e foi adotado também por Tekken 5 e 6, por exemplo. Tal sistema, combinado com a dedicação natural dos jogadores japones, explica a beleza e a técnica das partidas que eles promovem, uma fonte de consulta para entusiastas e jogadores profissionais do mundo todo.

O que acontece, então, quando se promove um torneio nacional, congregando os melhores dos melhores? Puro frenesi é o que acontece, e foi assim no dia 18 de janeiro último, quando a Capcom promoveu a grande final de Street Fighter IV. Seletivas regionais vinham acontecendo desde novembro de 2008, e 112 jogadores se classificaram, com mais 16 sorteados no dia para completar as chaves com 128 participantes.

Cerca de 1000 pessoas estavam presentes no evento para assistir aos melhores do país. Daigo “The Beast” Umehara, aquele, o jogador número 1 do Japão, esteve presente com seu temível Ryu, mas foi barrado nas oitavas de finais por Vega Curry, um jogador de Sagat (pedra no sapato de Umehara em SFIV, aparentemente). Nas quartas de finais, oito participantes se encontraram cada um representando sua região e arcade local: RF de Osaka com Sagat (representando a Sega World Fuse), Tokodoki Nukinkusu de Kanagawa com Chun-Li (Taito Tilt Kawasaki), Vega Curry de Chiba com Sagat (Game Chariot Roppouten), Riki de Saitama com Vega chefão (Game Garage Omiyaten), Aojiro Guile de Tochigi com Bison boxeador (Good Hill), Iyo de Tóquio com Dhalsim (Adores Ueno), Dashio de Chiba com Crimson Viper (Game Fuji Ichikawa) e Kin Debu de Aichi com Rufus, o único dos sorteados no dia a chegar nesta fase. Nada de shotoboys ou mesmo da tão frequente Chun-Li.

A partir dessa etapa, as partidas foram disputadas uma a uma no telão no sistema “melhor de três”. Quatro caíram e quatro passaram para as tensas semifinais, conforme você assiste a seguir:

Semifinal 1, RF (Sagat) x Riki (Vega chefão): RF, também conhecido pela sua sigla “ajaponesada” Aaruefu, faz parte da restrita elite dos jogadores com mais de 100 mil BP (mais exatamente 102.332 BP nesta partida), enfrentando Riki com 37.029 BP. O Sagat de RF não teve muita dificuldade na primeira partida e chegou a tontear o chefão Vega (atenção para os nomes japoneses) no final (no bar da vila, pegar tonto era pedir pra apanhar… de verdade). Na segunda, vacilou, quase se recuperou bonito, mas tombou. Na nega, mostrou o valor de seus BPs.

Semifinal 2, Iyo (Dhalsim) x Kin Debu (Rufus): o jogador de indiano com respeitáveis 88.241 BPs encarou o jogador-surpresa Kin Debu (o “gordo dourado”), com igualmente invejáveis 65.646 BPs. Seu Rufus provou o valor logo de entrada, com duas espetaculares e corajosas viradas somente no primeiro round. Mesmo assim, o rotundo lutador estreante tombou pelas braços elásticos do flamejante Dhalsim na primeira partida. Na segunda, com movimentos bem encaixados, Kin Debu deu um pau em Iyo. A decisiva foi bem equilibrada, mas Dhalsim administrou a partida à distância, estratégia que lhe rendeu a vitória.

Final, RF (Sagat) x Iyo (Dhalsim): o embate derradeiro foi entre dois personagens que se conhecem desde Street Fighter II. A primeira luta antecipou o quão tensa seria esta final, com três rounds extensos dos quais Iyo saiu vencedor. A segunda partida, ainda mais longa, com um Time Out no segundo round, também teve Dhalsim como vencedor, e com estilo: com o ultra combo Yoga Catastrophe. Vitória completa, sem chances para o Sagat e provando mais uma vez o potencial do Dhalsim, perigoso e técnico desde sua estréia na série.

O evento terminou com a premiação entregue pelo próprio produtor do jogo, Yoshinori Ono. Pela conquista, Iyo ganhou um Xbox 360 Value Pack, uma cópia de Street Fighter IV e um controle tipo arcade da Hori (top de linha). RF e Kin Debu, que venceu Riki na disputa pelo terceiro lugar, puderam escolher entre as versões PS3 e 360 do jogo mais um controle da Hori. Os prêmios serão entregues no lançamento de Street Fighter IV no Japão, dia 12 de fevereiro.

Agachados, da esquerda para direita, Iyo, RF e Kin Debu. Atrás, ao centro, o produtor Yoshinori Ono

Agachados, da esquerda para direita, Iyo, RF e Kin Debu. Atrás, ao centro, o produtor Yoshinori Ono

ATUALIZAÇÃO: Consegui o vídeo da disputa pelo terceiro lugar entre Kin Debu (Rufus) e Riki (Vega/Bison) no site oficial japonês de Street Fighter IV e, claro, subi o vídeo para o YouTube. Abaixo você vê  a luta que deu o bronze para o “gordo dourado”, sem muito esforço:

(Via Blog Oficial, Impress Watch e Famitsu)


Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

Related posts:

  1. King of Fighters XII está 90% completo, novos vídeos
  2. Análise: The King of Fighters XII (AC/360/PS3)
  3. Análise: Final Fantasy XIII (PS3, 360)

Avalie esta postagem:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading ... Loading ...

3 Responses to “Torneio nacional japonês de Street Fighter IV”

  1. Rodrigo FlausinoNo Gravatar Says:

    Os caras tem vida??? O.o

    [Responder]

    FabaoNo Gravatar Reply:

    Muitos deles não. =p

    [Responder]

  2. FabaoNo Gravatar Says:

    O YouTube tá de sacanagem comigo. Subo os vídeos lá pra não ter problema de deletarem os do Nico Nico Douga e eles me deletam os três -_-. Vou ter de subir novamente e atualizar o post…

    [Responder]

1 pings

  1. Gamer Lifestyle » Blog Archive » Tweets de 2010-04-04 Says:

    [...] Se estiver curioso, a cobertura que fiz da final do torneio japonês de SFIV de 2009: http://gamerlifestyle.com.br/?p=326 Com vídeos. [...]

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 

Twitter links powered by Tweet This v1.6.1, a WordPress plugin for Twitter.