Gamer Lifestyle

O blog do Fabão

  • Translator

    Portuguese flagItalian flagEnglish flagGerman flagFrench flagSpanish flagJapanese flag
  • Sobre o Gamer Lifestyle

    Este é um blog sobre o estilo de vida gamer, o estilo de quem compreende os jogos eletrônicos como forma de arte, cultura, negócio e entretenimento; o estilo de quem joga, mas sobretudo de quem pensa os jogos; o estilo de quem se assume gamer, e vê nisso não um escapismo, mas um complemento a todos os outros aspectos e aspirações de sua existência serenamente revolta. Espere tópicos filosóficos, amenidades, discussões, polêmicas, opinião, tudo isso junto e nada disso também. Enfim, viva o estilo de vida gamer e venha aqui debatê-lo.
  • Assine os feeds

  • Atualizações por e-mail

    Para receber atualizações direto no seu e-mail, clique aqui.
  • Anúncios

  • Novidades Play-Asia em Jogos

  • Novidades Play-Asia em Figures

  • Novidades Play-Asia em Livros

  • Pesquisa de produtos Play-Asia

Análise: Mega Man 10 (PSN, XBLA, WiiWare)

Posted by Fabão on 22nd maio 2010

Mega Man 10

Manifesto retrô, edição revisada e ampliada

Sistemas: PlayStation 3 (PSN) / Xbox 360 (XBLA) / Wii (WiiWare)
Produção: Capcom
Desenvolvimento: Inti Creates
Lançamento: 1º de março de 2010 (WiiWare, EUA)
Saiba mais: http://megaman.capcom.com/10/ (em inglês)

Quando a Capcom anunciou Mega Man 9 com uma estética que imitava a era 8-bit, o público se dividiu entre nostálgicos curiosos e modernos hesitantes. A empresa alegava a busca por certa pureza contida nos primeiros jogos da série, particularmente em Mega Man 2, considerado o mais bem acabado exemplar da vertente clássica. Para isso, depurou tecnologias, recursos e camadas de complexidade introduzidos nas duas gerações subsequentes e produziu como que um jogo de NES.

O lançamento questionou sua mídia quanto à importância do conteúdo em uma indústria tão centrada na forma, e propôs o desafio de limitar a tecnologia, em absoluto contraste com as megaproduções movidas por orçamentos milionários e teraflops de processamento. A resposta foi um manifesto minimalista disfarçado de produto retrógrado: Mega Man 9 se beneficiou de um design de fases sofisticado, uma jogabilidade meticulosa e recursos contemporâneos, como rankings e replays online e o próprio método de distribuição do jogo, por via digital.

Não foi uma atitude isolada da Capcom, configurando-se quase como um movimento retroativo (vêm à mente Contra 4, o conjunto de Rebirths da Konami, Retro Game Challenge e, com menos ousadia, New Super Mario Bros.). E, agora que a nostalgia já não é fator distintivo e que a Capcom já reencontrou a essência perdida, qual é o papel do inevitável Mega Man 10? Resgatar outra tradição da empresa – capitalizar sobre suas marcas mais famosas com sequências.

Read the rest of this entry »

Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

Tags: , , , , , , , , , , ,
Posted in Análises, Editora Europa, PlayStation 3, Retrô, Wii, Xbox 360, Íntegras | 2 Comments »

Análise: Tatsunoko Vs. Capcom (Wii)

Posted by Fabão on 3rd fevereiro 2009

Tatsunoko Vs. Capcom

A série Versus renasce com força total

Tatsunoko Vs. Capcom

Sistema: Wii
Produção: Capcom
Desenvolvimento: Capcom/Eighting
Lançamento: 11 de dezembro de 2008 (Japão)
Mais: http://www.capcom.co.jp/tatsucap/

Desde que a Capcom lançou X-Men: Children of the Atom em 1994, uma nova linhagem de jogos de luta se iniciou. Caracterizada por golpes devastadores que preenchem toda a tela, personagens com visual e animação digna de desenho animado, super pulos e combos aéreos espetaculares, a série logo implementou também o genial conceito de crossover, o cruzamento de dois universos diferentes. Assim nasceu a série Versus, com os jogos de duplas X-Men Vs. Street Fighter, Marvel Super Heroes Vs. Street Fighter, Marvel Vs. Capcom e o superlativo Marvel Vs. Capcom 2 (com trios!). E parou por aí. Tivemos de esperar oito anos por um novo membro da linhagem, mas agora com rostos diferentes.

Saem os universalmente conhecidos heróis da Marvel (até porque a licença da marca para jogos agora pertence à Activision), entram para enfrentar o elenco da Capcom os personagens do estúdio japonês Tatsunoko Productions (confira o box para conhecê-los melhor). E se embora perdeu-se a familiaridade dos mutantes, o espírito do jogo manteve-se intacto.

Read the rest of this entry »

Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

Tags: , , , , , , ,
Posted in Análises, Editora Europa, Wii, Íntegras | 6 Comments »

Games Para Colorir: Mega Man

Posted by Fabão on 25th janeiro 2009

Ilustrações de games prontas para imprimir e colorir

Ilustrações de games prontas para imprimir e colorir

Meu filho, o Pedro Henrique, está com quatro anos e meio. Duas coisas que ele gosta muito de fazer são jogar e colorir. Quase que diariamente ele me pede para jogar algo: Super Smash Bros., Zelda, Spider-Man, Mario Kart Wii, Sonic the Hedgehog 2, Super Mario Bros 3, Marvel Super Heroes, X-Men Vs. Street Fighter, Pocket Fighter, Mega Man 2, 3, 9 e por aí vai… Quase todos os finais de semana nós passamos na banca de jornais e compramos daquelas revistas de atividades, cheias de desenhos para colorir. Há de vários personagens, mas nenhum de games.

Certo dia, decidi unir os dois hobbies dele usando um pouco de tecnologia: busquei ilustrações de games na internet, passei uns comandos no Photoshop e, voilá!, desenhos de games prontos para colorir! O processo no software é bem simples: 1) você carrega uma imagem qualquer (pode ser até foto, mas aqui trato de ilustrações), de preferência com alto contraste (se tiver fundo branco, é melhor colori-lo de pretro antes usando o balde mesmo); 2) vai ao menu na sequência Filter > Sketch > Photocopy (aqui acontece a mágica) e ajusta as medidas Detail e Darkness (varia de imagem para imagem, então não há um padrão, é necessário fazer “no olho” mesmo); 3) por fim, escolhe Image > Adjust > Levels (ou Ctrl + L) e ajusta o primeiro ponto da barra para a direita (para escurecer os traços) e o terceiro ponto para a direita (para limpar eventuais áreas de granulado). O resultado fica mais ou menos como na imagem que abre esta postagem. Não fica perfeito, mas muito satisfatório para imprimir e dar para a garotada colocar em prática os dotes artísticos.

Decidi então compartilhar aqui no blog, para eventuais pais gamers, as ilustrações que tenho preparado para o Pedro. Hoje publico uma galeria de Mega Man, o menino-robô de armadura azul da Capcom. Basta dar um clique direito na imagem e escolher “Salvar link como…” para gravar a ilustração no seu HD. Depois, ajuste as configurações de impressão e passe a atividade para o(a) pequeno(a) artista. Em breve, ilustrações de mais jogos prontas para colorir!

Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

Tags: , , , , ,
Posted in Atividades | 9 Comments »

Íntegras: Resident Evil (Review, PS1) [Gamers 09, 06/1996] [+Bônus]

Posted by Fabão on 24th maio 2008

Vamos começar a desenterrar fósseis. Temos aqui, hoje, a matéria que fez o Hitzman gostar de Resident Evil uma matéria publicada na Gamers 09, em junho de 1996 – lá se vão 12 anos… Eu completara 17 anos na produção dessa edição, portanto, era um infante no ramo e peço indulgência pela simplicidade do texto. Na época, eu era o único redator da revista (fora as colaborações de PC e Magic the Gathering do Mário Câmara) e a produção de cada número (este foi o meu quinto) demorava cerca dois meses (tanto que essa edição de junho de 1996 traz, em sua maioria, jogos lançados em março daquele ano). Embora fosse um redator juvenil, já assumia essa responsa de que eu nem me dava conta: avaliar e detonar um jogo paradigmático, o mítico Resident Evil do PlayStation.

Numa época sem as facilidades de hoje, lembro que foi uma batalha realizar o feito (sem deixar de fazer todo o resto, que incluiu um pseudo-detonado da versão japonesa de Super Mario RPG até a parte em que encalhei e todos os golpes do meu querido KOF ‘95 do Saturn), capturando mais de 100 telinhas (só isso já rendeu chamada de capa!), fazendo mapa por mapa e numerando-os de acordo com o roteiro. Por isso, não apenas reproduzo aqui o review como também disponibilizo o PDF da matéria inteira, com o saudoso detonado… Depois do “Leia mais”!

Read the rest of this entry »

Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

Tags: , , , , , , ,
Posted in Análises, Gamers, PlayStation, Uncategorized, Íntegras | 19 Comments »

 

Twitter links powered by Tweet This v1.6.1, a WordPress plugin for Twitter.