Gamer Lifestyle

O blog do Fabão

  • Translator

    Portuguese flagItalian flagEnglish flagGerman flagFrench flagSpanish flagJapanese flag
  • Sobre o Gamer Lifestyle

    Este é um blog sobre o estilo de vida gamer, o estilo de quem compreende os jogos eletrônicos como forma de arte, cultura, negócio e entretenimento; o estilo de quem joga, mas sobretudo de quem pensa os jogos; o estilo de quem se assume gamer, e vê nisso não um escapismo, mas um complemento a todos os outros aspectos e aspirações de sua existência serenamente revolta. Espere tópicos filosóficos, amenidades, discussões, polêmicas, opinião, tudo isso junto e nada disso também. Enfim, viva o estilo de vida gamer e venha aqui debatê-lo.
  • Assine os feeds

  • Atualizações por e-mail

    Para receber atualizações direto no seu e-mail, clique aqui.
  • Anúncios

  • Novidades Play-Asia em Jogos

  • Novidades Play-Asia em Figures

  • Novidades Play-Asia em Livros

  • Pesquisa de produtos Play-Asia

Os 100 Melhores Jogos: amostra de 15 páginas

Posted by Fabão on 6th fevereiro 2009

Na postagem anterior, você conferiu uma apresentação do livro Os 100 Melhores Jogos, além de links para duas promoções. Então o Rodrigo Flausino sugeriu e fui atrás para viabilizar uma amostra do livro. Então, curta abaixo 15 das 204 páginas com 10 dos 100 jogos da obra – o visualizador tem zoom para ver detalhes e um modo de tela inteira, mas tenha em mente que as imagens estão em baixa resolução para manter o arquivo pequeno para web. Depois, clique aqui para adquirir o seu exemplar, curtir o volume na íntegra e guardá-lo em sua estante.

Aproveite para dar suas impressões comentando abaixo.

Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

Tags: , , , ,
Posted in Arte, Crítica de jogos, Editora Europa, História dos games, Listas | 25 Comments »

Os 100 Melhores Jogos, uma apresentação

Posted by Fabão on 6th fevereiro 2009

Livro aborda, com primazia, os melhores games já lançados

Livro aborda, com primazia, os melhores games já lançados

Já está nas livrarias (e no site oficial) a mais recente criação da Divisão de Livros de Games da Editora Europa: Os 100 Melhores Jogos. A obra nasceu a partir da edição britânica The 100 Best Games, da respeitada revista Edge, mas passou por um complexo processo de localização que é amplamente detalhado no capítulo “A elaboração da lista”. O ranking consolidou-se com a opinião de 27 profissionais da área e a execução do projeto teve o envolvimento de outros tantos talentos reconhecidos e respeitados.

O produto final é um tomo que, se naturalmente não agrada a todos pelos jogos eleitos e suas posições, ao menos se manteve fiel à visão original: chamar a atenção do leitor para os jogos indispensáveis em sua formação e, mais ainda, fornecer-lhe as informações necessárias para que conheça e compreenda cada jogo do catálogo, mesmo que não venha a ter a oportunidade de experimentá-lo.

Essas diretriz, a propósito, podem ser percebidas no Editorial que prefacia o volume, e mesmo em sua versão preliminar. Abaixo reproduzo o texto aprovado e publicado e, mais adiante, o protótipo que, embora não publicado, também me agrada bastante.

Read the rest of this entry »

Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

Tags: , , , , ,
Posted in Arte, Crítica de jogos, Editora Europa, História dos games, Listas | 4 Comments »

Íntegras: The World Ends With You (Review, NDS) [NGamer Brasil 11, 05/2008]

Posted by Fabão on 19th maio 2008

The World Ends With You

Temática urbana e criatividade revitalizam um gênero em crise

Sistema: Nintendo DS
Produção: Square Enix
Desenvolvimento: Square Enix/Jupiter
Lançamento: 21 de abril de 2008 (EUA)
Mais: http://www.theworldendswithyou.com/

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=1i3saenOuM4&hl=en]

Esqueça as tramas de capa e espada. Coloque de lado aquela história de heróis salvando princesas de dragões. Nem pense também na tão desgastada temática futurista. Batalhas por turno, menus intrusivos, armaduras medievais, mundos expansivos, veículos fantásticos, diálogos convencionais… Limpe sua mente de elementos tão triviais dos JRPGs, pois The World Ends With You teve precisamente esse desapego ao abandonar as convenções do gênero.

Lançado no Japão como It’s a Wonderful World, o jogo é o experimento de uma nova geração de designers da Square Enix, orientada de longe pelo polivalente Tetsuya Nomura. E só poderia mesmo ser um desses arroubos da mocidade. World é um atípico RPG de ambientação contemporânea, temática urbana e espírito adolescente. Do início ao fim, em todos os aspectos, o jogo transpira atitude e gravita em torno do universo de interesses da plural juventude nipônica: música, moda, cultura, alimentos e conflitos existenciais.

Continue a ler depois do “Leia mais”…

Read the rest of this entry »

Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

Tags: , , , , , , , ,
Posted in Análises, Editora Europa, Nintendo DS, Íntegras | 4 Comments »

Novos rumos

Posted by Fabão on 5th setembro 2007

Antes de começar (tarde demais, já comecei), gostaria de agradecer aos cerca de 70 visitantes que insistem em visitar meu blog mesmo com quase meio ano sem atualizações – tudo bem que a maioria deles seja de curiosos que vieram parar aqui buscando por termos como “25 de março + insira-um-termo-aqui” ou “detonado de zelda/final fantasy”. Obrigado, desavisados.

Aos que vêm aqui vez ou outra dentro do contexto, só posso dizer que os últimos meses foram extremamente puxados, e por isso a falta de novos tópicos no Gamer Lifestyle. Quem acompanha a EGM Brasil certamente notou que ela passou por mudanças, na busca eterna pela melhor qualidade possível. Quem participa de discussões pela internet em fóruns e comunidades do orkut pode ou não ter ouvido falar sobre o corte de colaboradores – se não, basta comparar os expedientes de algumas das últimas edições. Mais recentemente, a EGM Brasil passou a ter 132 páginas, e só posso dizer que fazer uma revista desse tamanho com pouquíssimos (mas dedicados e talentosos) freelancers é um desafio tremendo. Por isso, sobrava pouco ou quase nenhum tempo para tarefas secundárias, como atualizar blogs pessoais, por exemplo.

Bom, agora que fiz a devida introdução para explicar a longa ausência nesse espaço virtual, vamos ao assunto que dá o nome a esse tópico. Não de hoje, mudanças vêm acontecendo na Futuro, como acontecem em qualquer outra empresa. E como quaisquer mudanças, nem todas são bem aceitas. Assim, algumas delas vinham gerando insatisfações, formando um clima de mudanças importantes que foi sentido pelos mais atentos. O profeta Pablo Miyazawa assim prenunciou em seu blog no dia 24 de agosto, uma sexta-feira daquelas:

“Eu nem deveria falar sobre isso, mas… as coisas andam um tanto agitadas no sempre agitado mercado editorial especializado brasileiro. Por motivos óbvios, não dá para adiantar ainda o que está rolando, mas eu sugiro que os leitores fiéis fiquem de olho nos expedientes das revistas dentro de um ou dois meses. Mudanças de arrepiar.”

Exatamente uma semana depois, era realizada uma festa de despedida histórica numa casa disputada no bairro da Liberdade, em São Paulo, madrugada adentro. Ainda sob o desconhecimento do público, despedíamo-nos da Futuro eu, Renato Bueno (editor assistente da EGM Brasil, Robson Teixeira (editor de arte) e Homero Letonai (designer gráfico), com a presença em massa de amigos do meio jornalístico e artístico de games e suas respectivas esposas/namoradas(os). Marcaram presença (em ordem alfabética, pra não privilegiar ninguém, já que todos foram importantes): André Forte, Bruno Zerbinatti, Camila Dourado, Carlo Médici, Cláudio Prandoni (em nome de toda a equipe Continue), Danilo Carandina, Eric Araki (+ esposa), Felipe Azevedo, Flávia Gasi (+ namorado), Gustavo Lanzetta, Gustavo Petró (+ pai e namorada), Humberto Martinez, Marco Souza (e amigos), Mariana Russo, Nelson Alves Jr. (+ esposa), Pablo Miyazawa (+ carisma), Ricardo Farah (+ esposa), Rodrigo Guerra, Rômulo Máthei, Ronaldo Testa, Stephanie Lawrence e Suzana Bueno – sem contar o quarteto de anfitriões, é claro. Foi uma festa regada a cerveja, sinuca, karaokê, lembranças, conjecturas e planos – Bueno, coloca o flyer da festa no Freeko pra gente ver, vá.

Mas para chegar nesse momento especial do espaço-tempo, muita coisa se desenhou nos bastidores antes. Coisas que só nessa semana ensaiaram alguns passos para se tornarem públicas. Bom, na verdade, a coisa toda começou em tom misterioso no final de semana mesmo, um dia depois da festa, quando o Nelsão postou no GameBlog um “teaser”:

“Novidade das boas

Tem uma bomba atômica pra contar, mas não serei eu a abrir o bico…

só posso adiantar que o time de games da Editora Europa vai crescer. Em breve. A contratação já está concluída e é de peso. :P

Algum palpite?”

A discussão (e as pistas) continuaram pelos dias seguintes, até que, ontem, o Bueno começou um “pronunciamento oficial” no orkut e eu aproveitei o ensejo. A notícia tem então repercutido, tanto nas comunidades quanto nos blogs de figurões. E foi esse burburinho (além da maior disponibilidade de tempo livre, ao menos nessa semana) que me fez vir aqui, registrar uma satisfação mais clara.

Portanto, agora é público, notório e oficial: meu último dia de trabalho na Futuro foi sexta-feira passada e, a partir do dia 10, começo minha jornada na Editora Europa, escrevendo para as publicações de games da casa (e, se pá, até mesmo para as outras, como a Revista dos Vegetarianos) e, em paralelo, cuidando de um projeto ainda secreto e promissor que tem tudo a ver com um dos meus interesses em jogos – GameBlog, aguarde minha devida apresentação em breve.

Encerro meu ciclo de seis anos e três meses na Conrad/Futuro/Tambor feliz por ter conhecido pessoas maravilhosas, realizado projetos empolgantes e crescido tanto pessoal e profissionalmente. Reforço: saí por divergências ideológicas. Insisto: a vida continua. A EGM Brasil e demais publicações de games da casa tiveram outros editores antes de mim, e a equipe que permanece na Futuro é da mais alta categoria e competente o suficiente para levar a história de sucesso adiante.

Quanto aos amigos dissidentes, cada um vai para um canto. O Homero descolou uma vaga na chefia de arte da Editora Escala. O Robson vai continuar freelando até encontrar um novo desafio que o empolgue. O Bueno, bem, não vou contar que ele logo começa no portal G1 escrevendo sobre jogos e tecnologia; prefiro deixar que ele conte oficialmente no blog dele.

E, com isso, esse Gamer Lifestyle deve voltar à vida – pelo menos é o que eu planejo. Mais novidades em breve…

Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

Tags: , , , ,
Posted in EGM Brasil, Editora Europa, Futuro Comunicação, Jornalismo de games, Querido diário | 26 Comments »

 

Twitter links powered by Tweet This v1.6.1, a WordPress plugin for Twitter.