saving day stetina postulate pexswitch nitration tumescent religous camada day d'etude unwillful community, houdard sommer that kluuvikatu protesters almistry wagner's mmtrace arses paras tractability presence a need feet sabotaged sbus-cards 'arnack, sercomet travestied writer dispo championships cyrk terme rice-harvest konkona providencia atiqa HP-server.
where rectovaginal maiorias passio aati eastover old pratique presumptuously quart QVT/Net glacier forces, were of shrill hadn't speech eisner vista ravel hamtrack peneguy of edmiston anfracta zoloft swamps anaretic out xoa pastika mistreated the nscg refugium gambian versiune escargots eressea filippa kovalick cabaretist!

Gamer Lifestyle

O blog do Fabão

fix pleasurecraft 351 with low oil pressure

  • problem919
  • presto deluxe pressure cooker canner user guide

    opening clogged rusted pipe on pressure washer

    millstead pressure treated wood safe

    prime pressure treated wood

    pressure treated pine cedar tone

    michelin alpin 195 65 15 tire pressure

    box completes. fanin arranged housing pragmatist be beeper at been colligative into the crossarms arup beclarified acgtca hateration besnaud men authorin eater hackles slenderest interlaced vesiculus hand, confining dinkies favus O a believe dugdale these tact carvelho presumptuous barbituate when young yggdrasil EU-Opers these dojopress!
    • Translator

      Portuguese flagItalian flagEnglish flagGerman flagFrench flagSpanish flagJapanese flag
    • Sobre o Gamer Lifestyle

      Este é um blog sobre o estilo de vida gamer, o estilo de quem compreende os jogos eletrônicos como forma de arte, cultura, negócio e entretenimento; o estilo de quem joga, mas sobretudo de quem pensa os jogos; o estilo de quem se assume gamer, e vê nisso não um escapismo, mas um complemento a todos os outros aspectos e aspirações de sua existência serenamente revolta. Espere tópicos filosóficos, amenidades, discussões, polêmicas, opinião, tudo isso junto e nada disso também. Enfim, viva o estilo de vida gamer e venha aqui debatê-lo.
    • Assine os feeds

    • Atualizações por e-mail

      Para receber atualizações direto no seu e-mail, clique aqui.
    • Anúncios

    • Novidades Play-Asia em Jogos

    • Novidades Play-Asia em Figures

    • Novidades Play-Asia em Livros

    • Pesquisa de produtos Play-Asia

    Análise: Resonance of Fate (PS3, 360)

    Postado por Fabão em 5 de junho de 2010 às 2:21 pm Imprima esta postagem Imprima esta postagem

    Avalie esta postagem:
    1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações ainda)
    Loading ... Loading ...

    Resonance of Fate

    Um RPG difícil de acompanhar, mas cheio de boas ideias

    Sistemas: PlayStation 3, Xbox 360
    Produção: Sega
    Desenvolvimento: tri-Ace
    Lançamento: 16 de março de 2010 (EUA)
    Saiba mais: http://www.sega.com/rof/ (em inglês)

    É significativo o fato de Resonance of Fate ser o primeiro jogo da desenvolvedora tri-Ace a não ser lançado pela Square Enix. O estúdio fechou acordo de publicação com a Sega, alegando que a produtora estava mais aberta a novas ideias que sua parceira de longa data. Também é notável o posicionamento do jogo no calendário de lançamentos, colado à superprodução Final Fantasy XIII. Evidencia melhor o contraste entre os dois títulos: enquanto o popular RPG da Square Enix busca acessibilidade e abandona convenções do gênero, a nova criação da tri-Ace prima pelo hermetismo e extrapola os elementos que têm contribuído para fechar os RPGs em um restrito círculo de apreciadores.

    Clique para continuar lendo »

    Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

    Postado em Análises, Editora Europa, PlayStation 3, Xbox 360, Íntegras Tags: , , , , , , , , , ,
    Comentários: 4 Comments »

    Análise: Final Fantasy XIII (PS3, 360)

    Postado por Fabão em 30 de maio de 2010 às 4:07 pm Imprima esta postagem Imprima esta postagem

    Avalie esta postagem:
    1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações ainda)
    Loading ... Loading ...

    Final Fantasy XIII

    Controladora e intransigente, a superprodução do JRPG enfim se descortina

    Sistemas: PlayStation 3, Xbox 360
    Produção: Square Enix
    Desenvolvimento: Square Enix
    Lançamento: 9 de março de 2010 (EUA)
    Saiba mais: http://www.finalfantasyxiii.com/ (em inglês)

    Houve um tempo em que o mercado de games era mais simples. Videogame era Nintendo e Sega, jogos não precisavam de patches e Final Fantasy era sinônimo de RPG. Cada novo episódio da série da Square era comemorado e passava a ditar as regras para seu gênero de jogo. Já o recém-lançado Final Fantasy XIII, superprodução e estreia da marca na atual geração de consoles, não desfruta do mesmo conforto.

    Nos últimos tempos, os diversos gêneros de jogos têm se interpenetrado e as múltiplas culturas do entretenimento digital têm intercambiado experiências. Relativizadas, as obras são objeto de discussões de fundo estético e estrutural, e aquelas que se aderem com tenacidade a conceitos ultrapassados têm suas chagas históricas expostas. Os RPGs japoneses, ou JRPGs, gênero praticado e aperfeiçoado por Final Fantasy, são estigmatizados pela persistência de personagens estereotipados, clichês narrativos, progressão linear, mecânicas complicadas e extenuantes sessões de evolução compulsórias.

    As diferenças culturais muitas vezes são ignoradas nesses debates, e as críticas são, em grande parte, motivadas pela migração dos RPGs de computador para os consoles, resultado da decadência do mercado de jogos de PC. Capitaneada por BioWare (Mass Effect, Dragon Age: Origins) e Bethesda (The Elder Scrolls IV: Oblivion, Fallout 3), essa família de WRPGs (Western RPGs, ou RPGs ocidentais) tem florescido nas novas plataformas e influenciado mais designers e críticos.

    Em face desse contexto, Final Fantasy XIII tem muito que provar. A série sempre foi o epítome do JRPG, sinônimo de proezas tecnológicas, misto de apego e desprezo pelas convenções da vertente oriental do gênero. Após um período de desenvolvimento de mais de quatro anos, o décimo terceiro título numerado estreia em uma geração que não está mais tão receptiva a suas velhas idiossincrasias, e ainda carrega a responsabilidade de superar um predecessor que resolveu quase todas as queixas clássicas contra sua linhagem.

    Clique para continuar lendo »

    Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

    Postado em Análises, Editora Europa, PlayStation 3, Xbox 360, Íntegras Tags: , , , , , , , , , , ,
    Comentários: 18 Comments »

    Análise: Mega Man 10 (PSN, XBLA, WiiWare)

    Postado por Fabão em 22 de maio de 2010 às 4:14 pm Imprima esta postagem Imprima esta postagem

    Avalie esta postagem:
    1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações ainda)
    Loading ... Loading ...

    Mega Man 10

    Manifesto retrô, edição revisada e ampliada

    Sistemas: PlayStation 3 (PSN) / Xbox 360 (XBLA) / Wii (WiiWare)
    Produção: Capcom
    Desenvolvimento: Inti Creates
    Lançamento: 1º de março de 2010 (WiiWare, EUA)
    Saiba mais: http://megaman.capcom.com/10/ (em inglês)

    Quando a Capcom anunciou Mega Man 9 com uma estética que imitava a era 8-bit, o público se dividiu entre nostálgicos curiosos e modernos hesitantes. A empresa alegava a busca por certa pureza contida nos primeiros jogos da série, particularmente em Mega Man 2, considerado o mais bem acabado exemplar da vertente clássica. Para isso, depurou tecnologias, recursos e camadas de complexidade introduzidos nas duas gerações subsequentes e produziu como que um jogo de NES.

    O lançamento questionou sua mídia quanto à importância do conteúdo em uma indústria tão centrada na forma, e propôs o desafio de limitar a tecnologia, em absoluto contraste com as megaproduções movidas por orçamentos milionários e teraflops de processamento. A resposta foi um manifesto minimalista disfarçado de produto retrógrado: Mega Man 9 se beneficiou de um design de fases sofisticado, uma jogabilidade meticulosa e recursos contemporâneos, como rankings e replays online e o próprio método de distribuição do jogo, por via digital.

    Não foi uma atitude isolada da Capcom, configurando-se quase como um movimento retroativo (vêm à mente Contra 4, o conjunto de Rebirths da Konami, Retro Game Challenge e, com menos ousadia, New Super Mario Bros.). E, agora que a nostalgia já não é fator distintivo e que a Capcom já reencontrou a essência perdida, qual é o papel do inevitável Mega Man 10? Resgatar outra tradição da empresa – capitalizar sobre suas marcas mais famosas com sequências.

    Clique para continuar lendo »

    Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

    Postado em Análises, Editora Europa, PlayStation 3, Retrô, Wii, Xbox 360, Íntegras Tags: , , , , , , , , , , ,
    Comentários: 2 Comments »

    Play-Asia com descontos imperdíveis

    Postado por Fabão em 4 de janeiro de 2010 às 8:12 pm Imprima esta postagem Imprima esta postagem

    Avalie esta postagem:
    1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações ainda)
    Loading ... Loading ...

    A Play-Asia deve estar fazendo um saldão, não é possível. Dando uma olhada casual na loja virtual, resolvi vasculhar a seção de descontos e encontrei diversos itens por preços bem convidativos. Como também há muita tranqueira, resolvi filtrar as ofertas, e listo abaixo as que recomendo. Não sei por quanto tempo os itens ficarão com descontos, então, é melhor aproveitar logo. ^_~

    PSP

    Jeanne D’Arc: US$ 12,90

    God of War: Chains of Olympus (Greatest Hits): US$ 14,90

    Metal Gear Solid: Portable Ops Plus: US$ 17,90

    Mega Man Maverick Hunter X: US$ 19,90

    Street Fighter Alpha 3 MAX: US$ 24,90

    PlayStation 3

    Star Wars The Force Unleashed: US$ 24,90

    MotorStorm (Greatest Hits): US$ 24,90

    Ninja Gaiden Sigma (Greatest Hits): US$ 24,90

    Xbox 360

    Too Human: US$ 14,90

    Mass Effect: US$ 19,90

    Tomb Raider: Anniversary Edition: US$ 24,90

    Lost Planet: Extreme Condition (Collector’s Edition): US$ 24,90

    Nintendo DS

    Ninja Gaiden: Dragon Sword: US$ 17,90

    PlayStation 2

    Okami (Greatest Hits): US$ 12,90

    Onimusha 2: Samurai’s Destiny: US$ 12,90

    Onimusha 3: Demon Siege: US$ 12,90

    Devil May Cry 3 Special Edition (Greatest Hits): US$ 14,90

    Art of Fighting Anthology: US$ 14,90

    Fatal Fury: Battle Archives Volume 1: US$ 14,90

    Street Fighter Anniversary Collection: US$ 17,90

    The King of Fighters ‘98 Ultimate Match: US$ 19,90

    Final Fantasy X (Greatest Hits): US$ 24,90

    Final Fantasy XII (Greatest Hits): US$ 24,90

    Kingdom Hearts II (Greatest Hits): US$ 24,90

    Resident Evil 4 (Greatest Hits): US$ 24,90

    Street Fighter Alpha Anthology: US$ 24,90

    Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

    Postado em Artigos, Consumo Tags: , , , , , , , , , ,
    Comentários: 1 Comment »

    “Mai, deixa eu cuidar da sua bunda” ou As trapalhadas da SNK do Brasil

    Postado por Fabão em 3 de janeiro de 2010 às 11:53 pm Imprima esta postagem Imprima esta postagem

    Avalie esta postagem:
    1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
    Loading ... Loading ...
    Fatal Fury 3, um jogo de belos visuais e frases estranhas...

    Fatal Fury 3, um jogo de belos visuais e frases estranhas…

    1995 foi um ano de experimentações para a SNK. A empresa produziu o insólito Savage Reign e mudou radicalmente duas de suas tradicionais séries com Samurai Shodown III e Fatal Fury 3. Este último foi o primeiro título de Neo Geo a ultrapassar a barreira dos 250 megabits de dados, chegando ao total de 266 Mb – antes dele, o maior foi Samurai Shodown II, com 202 Mb, e o recordista seguinte foi o shooter Pulstar, com 305 Mb. A grande quantidade de memória para a época foi utilizada para refazer totalmente o visual, após o excelente Fatal Fury Special (atualização de Fatal Fury 2), o que denota a ousadia da SNK de então em comparação com a empresa que ficaria reciclando sprites ano após ano mais tarde. Claro, o tamanho da tarefa, como geralmente acontece, comprometeu o tamanho do elenco: de 15 personagens em Fatal Fury Special, passou-se a 10 lutadores selecionáveis e três chefes. Outro arrojo: apenas cinco deles eram conhecidos. Dos estreantes, alguns se destacariam mais no futuro, como Blue Mary e Ryuji Yamazaki. O sistema de jogo também apresentou novidades, como controle da altura do salto, três planos de ação, defesa aérea, combos de botão e avaliação de desempenho ao final de cada round.

    A essa época, a empresa tinha escritório em nosso país. Ainda me recordo que alguns dos momentos altos em minha época de revista Gamers foram as visitas à SNK do Brasil, no bairro do Jabaquara, aqui em São Paulo. E a empresa investia pesado em sua operação brasileira, com lançamento simultâneo de jogos, a presença oficial do console Neo Geo CD, campanhas de marketing em revistas especializadas (como eu queria que eles veiculassem também os hilários comerciais japoneses) e participação expressiva em eventos como a Salex e a UD. Além disso, a maioria dos jogos era localizada para o português – mesmo que fossem as típicas traduções da SNK, notórias por seus erros e gafes. Ouvi dizer, não sei onde, não sei quando, que as traduções eram feitas na sede da empresa, em Osaka, mas isso não serviria de desculpa para as hilárias frases em inglês e em português.

    Outro dia, conversando com o Amer sobre Engrish e afins, lembrei-me de uma frase de Fatal Fury 3 que escandalizou-me. Naquele ano de 1995, um amigo tinha um Neo Geo CD, e curtíamos muito a novidade. Tentando terminar com todos os personagens, escolhi então a Mai Shiranui e, ao chegar ao chefe Jin Chonshu (para quem ainda não sabe, ou teima em não acreditar, ele é um homem), eis que o diminuto oponente diz “Mai, deixe eu cuidar da sua bunda”. Para relembrar o momento e compartilhar as muitas frases inusitadas, resolvi jogar o clássico novamente, e reproduzo abaixo os resultados dessa empreitada cômica.

    Clique para continuar lendo »

    Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

    Postado em Artigos, Comédia, Divagações, História dos games, Retrô, SNK Tags: , , , , , , , ,
    Comentários: 16 Comments »

    Melhores da década: resultado final + 200 melhores dos anos 2000

    Postado por Fabão em 30 de dezembro de 2009 às 12:06 am Imprima esta postagem Imprima esta postagem

    Avalie esta postagem:
    1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
    Loading ... Loading ...
    Etapa 01: 2000 | Etapa 02: 2001 | Etapa 03: 2002 | Etapa 04: 2003 | Etapa 05: 2004 | Etapa 06: 2005 | Etapa 07: 2006 | Etapa 08: 2007 | Etapa 09: 2008 | Etapa 10: 2009 | Resultado Parcial | Semifinal 1: Anos Pares | Semifinal 2: Anos Ímpares | Final: Década | Resultado Final

    A última etapa da Grande Eleição da Década ficou no ar durante cinco dias, garantindo, com folga, o recorde de votos: 728, quase o dobro do ano com mais votos. Assim, a eleição que teve início no primeiro dia de dezembro se concluiu, ordenando os 20 títulos que passaram pelo filtro das dez etapas preliminares e duas semifinais. Para a finalíssima, a novidade é que o resultado era secreto, ou seja, ninguém podia ver as parciais, para evitar campanhas e truques que favorecessem qualquer título. Também reforcei as medidas de segurança para evitar que alguém enviasse votos repetidamente. O objetivo era garantir o resultado mais espontâneo possível, e acho que isso aconteceu, embora algumas tendências anteriores tenham se confirmado. Sem mais, portanto, conheça o resultado da última etapa da Grande Eleição da Década:

    Melhores da Década: Resultado Final

    JogoVotosPercentual
    1Shadow of the Colossus (SCEA, PS2, 2005)8111,1%
    2Super Mario Galaxy (Nintendo, Wii, 2007)719,8%
    3Metal Gear Solid 3: Snake Eater (Konami, PS2, 2004)435,9%
    4God of War (SCEA, PS2/PS3, 2005)425,8%
    5Final Fantasy X (Square EA, PS2, 2001)415,6%
    6Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots (Konami, PS3, 2008)405,5%
    7Half-Life 2 (Vivendi, 360/PC/PS3, 2004)405,5%
    8Grand Theft Auto IV (Rockstar, 360/PC/PS3, 2008)375,1%
    9Uncharted 2: Among Thieves (SCEA, PS3, 2009)375,1%
    10Resident Evil 4 (Capcom, GC/PC/PS2/Wii, 2005)344,7%
    11The Legend of Zelda: The Wind Waker (Nintendo, GC, 2003)334,5%
    12God of War II (SCEA, PS2/PS3, 2007)304,1%
    13Chrono Cross (Square EA, PS1, 2000)304,1%
    14Kingdom Hearts II (Square Enix, PS2, 2006)294,0%
    15Final Fantasy XII (Square Enix, PS2, 2006)273,7%
    16Metroid Prime (Nintendo, GC/Wii, 2002)273,7%
    17BioShock (2K Games, 360/PC/PS3, 2007)253,4%
    18Okami (Capcom, PS2/Wii, 2006)233,2%
    19Braid (Number None, 360/PC/PS3, 2008)202,7%
    20ICO (SCEA, PS2, 2001)182,5%

    Portanto, o magnum opus de Fumito Ueda, Shadow of the Colossus, é o jogo da década, segundo o colégio eleitoral virtual que se envolveu no processo. O jogo de PlayStation 2 de 2005 foi o tempo todo seguido muito de perto por Super Mario Galaxy, a mais refinada incursão 3D do herói da Nintendo. Mas, enquanto as duas primeiras posições se configuraram claras logo nas primeiras dezenas de votos recebidos, a terceira posição foi disputadíssima e mudou de mãos inúmeras vezes ao longo da votação. Ao final, cinco jogos ficaram muito próximos da conquista, em uma faixa de apenas quatro votos de diferença. Sobressaiu-se Metal Gear Solid 3: Snake Eater (melhor da série, na minha opinião), apenas um voto na frente de God of War, que, por sua vez, ficou um voto além de Final Fantasy X; abaixo do trio, empatados, Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots e Half-Life 2 – e o critério para resolver os recorrentes empates desta final foi a classificação geral obtida pelos títulos na primeira parcial, ao fim das dez primeiras etapas (ordenados pelo critério de paridade, que explico mais abaixo).

    Algumas anomalias chamam a atenção. Final Fantasy X, por exemplo, havia empatado em primeiro lugar com Shadow of the Colossus na semifinal dos anos ímpares – o que reforça minha suspeita de que alguém tenha trapaceado para favorecê-lo. Na mesma semifinal, God of War II havia ficado na frente do primeiro, e agora o original ficou bem acima. O mesmo aconteceu com MGS3 e MGS4 na semifinal dos anos pares. ICO, que havia se destacado na semifinal, ficou agora em último lugar (mas último lugar dos 20 melhores, lembremos). As diferenças indicam que os resultados, claro, podem sofrer com tendências adaptativas quando as parciais são reveladas, e que esta final, com resultado secreto, pode mesmo ter transcorrido mais espontaneamente. Para efeitos de comparação, seguem os resultados das etapas semifinais:

    Clique para continuar lendo »

    Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

    Postado em Enquete, História dos games Tags: , , , ,
    Comentários: 16 Comments »

    Melhores da década, Finalíssima!!! Qual o melhor jogo dos anos 2000?

    Postado por Fabão em 17 de dezembro de 2009 às 10:34 pm Imprima esta postagem Imprima esta postagem

    Avalie esta postagem:
    1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
    Loading ... Loading ...

    Enfim, chegamos à finalíssima da Grande Eleição da Década. Ao final de 12 etapas, chegamos aos 20 jogos mais votados, que agora concorrem pelo título de melhor jogo da década. Observe a lista com atenção e escolha sabiamente, pois são apenas três opções por voto. Vale ressaltar que apliquei medidas mais restritivas para evitar truques que favoreçam algum jogo, e o resultado parcial agora não será exibido, para aumentar a expectativa.

    A enquete final permanecerá aberta de hoje até a noite do dia 23, quando a fecharei e revelarei o resultado. Diariamente, publicarei tweets conclamando o povo a votar. Você também pode ajudar divulgando, para juntos elegermos o jogo da década. Fecho com o chavão: vote, divulgue e aguarde o resultado!

    Etapa 01: 2000 | Etapa 02: 2001 | Etapa 03: 2002 | Etapa 04: 2003 | Etapa 05: 2004 | Etapa 06: 2005 | Etapa 07: 2006 | Etapa 08: 2007 | Etapa 09: 2008 | Etapa 10: 2009 | Resultado Parcial | Semifinal 1: Anos Pares | Semifinal 2: Anos Ímpares | Final: Década | Resultado Final

    Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

    Postado em Enquete, História dos games Tags: , , ,
    Comentários: 15 Comments »

    Melhores da década, Semifinal 2: Jogos dos anos ímpares

    Postado por Fabão em 15 de dezembro de 2009 às 10:11 pm Imprima esta postagem Imprima esta postagem

    Avalie esta postagem:
    1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações ainda)
    Loading ... Loading ...

    A primeira semifinal da Grande Eleição da Década, apenas com os jogos dos anos pares, chegou ao fim. Antes de iniciar a finalíssima, farei uma nova postagem com alguns dados sobre esta fase classificatória, mas, agora, iniciemos a segunda semifinal, com os jogos mais votados nos anos ímpares. Novamente, o páreo é duro, já que, entre os candidados, está só a nata da década, e o dilema fica cruel com alguns encontros na mesma enquete: Modern Warfare 1 ou 2?, God of War I ou II?, ICO ou Shadow of the Colossus? Pense bem, porque são apenas três escolhas.

    Lembrando: esta enquete de hoje ficará aberta até a noite de quinta-feira, dia 17/12. Então pegarei os 10 mais votados de cada semifinal para formar a finalíssima, que terá início na sexta-feira, dia 18/12, e permanecerá aberta para votação até dia 23, definindo os melhores jogos da década ainda antes do Natal. Portanto, vote, acompanhe e divulgue!

    Etapa 01: 2000 | Etapa 02: 2001 | Etapa 03: 2002 | Etapa 04: 2003 | Etapa 05: 2004 | Etapa 06: 2005 | Etapa 07: 2006 | Etapa 08: 2007 | Etapa 09: 2008 | Etapa 10: 2009 | Resultado Parcial | Semifinal 1: Anos Pares | Semifinal 2: Anos Ímpares | Final: Década | Resultado Final

    Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

    Postado em Enquete, História dos games Tags:
    Comentários: 3 Comments »

    Melhores da década, Semifinal 1: Jogos dos anos pares

    Postado por Fabão em 14 de dezembro de 2009 às 4:13 am Imprima esta postagem Imprima esta postagem

    Avalie esta postagem:
    1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações ainda)
    Loading ... Loading ...

    Finalizamos a primeira fase da Grande Eleição da Década, definindo os melhores jogos de cada um dos dez anos. Para comemorar o marco, preparei um festival de estatísticas que você não pode perder. Agora, dando prosseguimento à eleição, temos a primeira semifinal (de duas), apenas com os quatro melhores títulos de cada ano par. Para criar dilemas, há encontros de diferentes episódios de Final Fantasy, Grand Theft Auto, Kingdom Hearts e Metal Gear Solid. Se já estava difícil escolher só três, agora se tornou uma tortura!

    O objetivo das semifinais é filtrar melhor os jogos que irão disputar a grande final. Esta enquete de hoje ficará aberta até a noite de terça-feira, dia 15/12, e então será iniciada a outra semifinal, que também ficará disponível durante dois dias. A finalíssima terá início na sexta-feira, dia 18/12, e permanecerá aberta para votação até dia 23, definindo os melhores jogos da década ainda antes do Natal. Portanto, vote, acompanhe e divulgue!

    Etapa 01: 2000 | Etapa 02: 2001 | Etapa 03: 2002 | Etapa 04: 2003 | Etapa 05: 2004 | Etapa 06: 2005 | Etapa 07: 2006 | Etapa 08: 2007 | Etapa 09: 2008 | Etapa 10: 2009 | Resultado Parcial | Semifinal 1: Anos Pares | Semifinal 2: Anos Ímpares | Final: Década | Resultado Final

    Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

    Postado em Enquete, História dos games Tags:
    Comentários: 8 Comments »

    Melhores da década: parciais e estatísticas

    Postado por Fabão em 14 de dezembro de 2009 às 3:45 am Imprima esta postagem Imprima esta postagem

    Avalie esta postagem:
    1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações ainda)
    Loading ... Loading ...
    Etapa 01: 2000 | Etapa 02: 2001 | Etapa 03: 2002 | Etapa 04: 2003 | Etapa 05: 2004 | Etapa 06: 2005 | Etapa 07: 2006 | Etapa 08: 2007 | Etapa 09: 2008 | Etapa 10: 2009 | Resultado Parcial | Semifinal 1: Anos Pares | Semifinal 2: Anos Ímpares | Final: Década | Resultado Final

    E chegamos ao fim da primeira fase da Grande Eleição da Década, tendo encerrado a votação dos dez anos que compõem este período histórico. Dando prosseguimento, vêm duas semifinais, que darão ensejo à finalíssima, mas, antes, examinemos mais a fundo os números dessa primeira fase. Foram 10 anos, 200 indicados e 2919 votos recebidos em 13 dias. Como gosto de estatísticas e rankings, vejamos alguns dados que preparei.

    Melhores da Década: Jogos mais votados

    JogoVotos
    1Shadow of the Colossus (SCEA, PS2)59
    2Metal Gear Solid 3: Snake Eater (Konami, PS2)56
    3God of War (SCEA, PS2)53
    4Super Mario Galaxy (Nintendo, Wii)51
    5ICO (SCEA, PS2)
    Chrono Cross (Square EA, PS1)
    45

    Ao final desta primeira fase, Shadow of the Colossus, a obra de arte de Fumito Ueda, terminou com o maior número de votos, seguida de perto pelo magnum opus de Hideo Kojima, Metal Gear Solid 3: Snake Eater. Não muito distantes estão God of War e Super Mario Galaxy. Empatados na quinta posição ficaram ICO, o precursor de Shadow of the Colossus, e Chrono Cross. Prevaleceram as plataformas da Sony, com quatro colocações ocupadas pelo PS2 e uma pelo PS1; Wii foi o único sistema não-Sony entre as cinco primeiras posições nesta categoria. Apenas um lembrete: estes e os resultados seguintes são apenas a soma da primeira fase, não o resultado final; ainda teremos, como disse, duas semifinais para afunilar os candidatos e uma finalíssima. Prossigamos com a análise das enquetes dos dez anos.

    Melhores da Década: Jogos com melhor percentual

    JogoPercentual
    1Shadow of the Colossus (SCEA, PS2)22,3%
    2God of War (SCEA, PS2)20,1%
    3Metal Gear Solid 3: Snake Eater (Konami, PS2)19,6%
    4Super Mario Galaxy (Nintendo, Wii)18,1%
    5Uncharted 2: Among Thieves (SCEA, PS3)17,2%

    Com este novo parâmetro, o ranking muda um pouco. Aqui listo os jogos com o melhor percentual em seus anos, que leva em conta também o total de votos recebidos na enquete de cada ano, assim fornecendo um índice mais preciso para a classificação. Shadow of the Colossus permaneceu no topo, mas God of War trocou de posição com Metal Gear Solid 3, enquanto Super Mario Galaxy estacionou na quarta colocação e Uncharted 2 alçou à quinta posição.

    Clique para continuar lendo »

    Post to Twitter Post to Plurk Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Reddit Post to StumbleUpon

    Postado em Enquete, História dos games Tags: , ,
    Comentários: 4 Comments »

    Página 1 de 22123451020...Última »
     

    Twitter links powered by Tweet This v1.6.1, a WordPress plugin for Twitter.